TyucoUniplacascoisa queridaalinorGetSites

Nova Veneza, um pedacinho da Italia no sul de SC

Nenhum comentário

29/08/2019 10:34

 Um pedaço da Itália encravado no sul de Santa Catarina

Definitivamente, para aqueles que não querem ir (ou que não podem!!), a Itália, ou ao menos uma parte dela, não fica tão longe assim.  Principalmente dos catarinenses. Havíamos chego a Nova Veneza, um pedacinho da Itália encravado no sul do nosso estado. Assim como em tantos outros lugares do sul do Brasil, a historia por aqui teve inicio através da imigração italiana. Os "Fratelli" (irmãos) chegaram por aqui por volta de 1891, com cerca de 400 famílias oriundas principalmente da região de Bergamo, Belluno e e claro Veneza. Mas como toda historia de imigração, os primeiros tempos foram muito difíceis.  Um exemplo disso pode ser constado através da construção das famosas Casas de Pedra da Família Bortolotto, uma das pioneiras na região.  Quando chegaram a localização de assentamento da família, o desespero inicial, mediante a um solo completamente pedregoso, deu inicio a determinação nata a quem quer melhorar de vida, retirando e cortando pedra por pedra, erguendo assim as primeiras casas da colônia. Todo o conjunto arquitetônico, tombado pelo patrimônio histórico catarinense levou 13 anos para ser concluído, e hoje e uma das principais atrações turísticas da cidade.  Solo limpo, então plantar, para comer. E falando em comida, a gastronomia tornou-se sem sombra de duvidas, o principal atrativo turístico da região. São catalogados mais de 25 restaurantes, muitos deles de alta gastronomia, que movimentam a cidade o ano todo. E claro que a culinária não poderia ser outra que não fosse a italiana.  Mas nem so de comida e trabalho vive o homem não e mesmo. E foi assim que os italianos tiveram a idéia de implantar aqui um carnaval, ou Carnavale, aos moldes do que acontece na cidade de Veneza, na Itália. No mês de junho a cidade fica lotada, de turistas vindos de todas as partes do Brasil e do exterior, para curtirem um verdadeiro carnavale veneziano. Destaque para as fantasias, elaboradas e luxuosas, que dominam toda a cidade neste época. Sem esquecer e claro das famosas mascaras que escondem completamente o rosto, igualando assim nobres e plebeus, sem distinção de raça, credo e posição social.  Nessa onda, ate nosso pequeno Pedro, como num passe de mágica, transformou-se num verdadeiro arlequim. Ah, e se alguém duvide de quanto a Veneza de aqui e parecida com a de La, em plena praça central existe um verdadeira gôndola veneziana, reforçando os fortes e verdadeiros laços de sangue entre essas duas cidades, entre esses dois países. Então, Buon appetito, salute e benvenuto a Vencia Brasiliana.

Agradecimentos : Em especial a Secretaria de Turismo por todo o suporte dado durante nossa estadia na pequena, simpática e acolhedora cidade. Ao Hotel  de Veneza, La Trattoria, Alpino Restaurante, e São Marco Restaurante e Panificadora pela alimentação e estadia.

 

Comentários

Deixe seu comentário

(Não será publicado)